Receba noticias em seu Whatsapp gratis







Libras



Viver a Terra: Um poema visual do Rio Santana tem exibição gratuita na próxima quarta-feira | Jornal Em Destaque por Helio de Carvalho em Arte e Cultura


Ouça a Noticia!

Viver a Terra: Um poema visual do Rio Santana tem exibição gratuita na próxima quarta-feira

Com duração de 15 minutos, o filme será lançado dia 29, às 19h na Casa Pitombeira, em Barão de Javary



Viver a Terra: Um poema visual do Rio Santana tem exibição gratuita na próxima quarta-feira Classificação

Postado há 1 mes | Miguel Pereira | Arte e Cultura |

Helio de Carvalho

Em um canto verdejante de Miguel Pereira, entre as margens do Rio Santana, desabrocha um curta-metragem que transcende a tela, se tornando um hino à vida em sua forma mais pura. "Viver a Terra", criação da artista e pesquisadora Angélica de Carvalho, é um convite a uma imersão poética na alma da agricultura familiar, onde cada semente plantada é um ato de amor à natureza.

Com duração de 15 minutos, o filme, a ser lançado nessa quarta-feira (29) às 19h na Casa Pitombeira, é uma jornada sensorial que nos convida a reconectar com a simplicidade do campo. Através de imagens hipnotizantes e uma linguagem lírica, Angélica nos guia por um mosaico de paisagens exuberantes, onde mãos calejadas semeiam vida e esperança.

Mais do que um mero documentário, "Viver a Terra" é uma ode ao sistema de agrofloresta, um modelo sustentável de cultivo que harmoniza a produção de alimentos com a preservação ambiental. A câmera de Angélica captura com maestria a sinfonia da natureza, revelando a interdependência entre as plantas, os animais e o homem.

Um olhar sensível para a crise ambiental

Em um momento crucial de nossa história, marcado pela intensificação da crise climática e pelo êxodo rural, "Viver a Terra" surge como um farol de esperança. O filme nos convida a repensar nossa relação com a terra, valorizando a sabedoria ancestral dos agricultores familiares e reconhecendo a importância da agricultura como base para um futuro sustentável.

Angélica, movida por uma profunda conexão com o meio ambiente, encontrou na arte a ferramenta ideal para amplificar sua voz e inspirar mudanças. "Viver a Terra" é fruto de sua pesquisa de doutorado, onde, ao se deparar com a semente de uma cássia, iniciou uma jornada de aprendizado sobre as "diferentes escritas da natureza".


Um encontro com a comunidade e a arte

A Casa Pitombeira, palco do lançamento, se transforma em um portal para um universo de experiências culturais. Além da exibição do curta, a noite será abrilhantada com a apresentação do vídeo performance "Corpos Híbridos", obra dos artistas franceses Pascale Weber e Jean Delseaux.

Após as exibições, uma roda de conversa reunirá artistas, agricultores e a comunidade para um debate sobre a importância da arte e da educação ambiental na construção de um futuro mais verde e justo.

"Viver a Terra" se eterniza no YouTube

A partir do lançamento, o curta-metragem estará disponível no canal do YouTube eternizando a beleza do Rio Santana e a mensagem inspiradora de Angélica de Carvalho. Uma obra que nos convida a refletir, agir e, acima de tudo, amar a terra que nos sustenta.

Não perca a oportunidade de se conectar com a natureza e celebrar a vida no campo! A Casa Pitombeira está situada à Rua do Recreio, 35 – Barão de Javary, Miguel Pereira – RJ). Entrada franca.

___________

Apoie o Em Destaque seguindo o site e as redes sociais deste jornal que virou fonte de notícias do Google News, e que há mais de dois anos disponibiliza conteúdo nos principais tocadores de podcasts. Em Destaque, o jornal local sem fronteiras para a notícia!








Gostou deste assunto?

Seus amigos também podem gostar:

Compartilhe!














 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados



    DESENVOLVIDO POR
    RIOBRASIL